quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Breve!

O tempo vai me destruindo aos poucos
hoje reparei no tons laranja, meio rosado,
meio amarelado do sol se pondo
sobre meu telhado, logo foi caindo,
estrelas apareceram, nuvens vermelhas
da cor da minha ira de mim mesmo.
Eu vou me destruindo com o tempo
passando louco, nem olhei pra minha cara
de sono, amassada, meio entorpecida, meio
inchada daquelas gotas da madrugada,
jogo fora aquele sorri, mais uma vez
não consegui mascarar,
sou eu nessas linhas, que breve, breve
se apagará!

0 comentários: