quinta-feira, 23 de julho de 2009

Refazendo

Mais uma vez
chega dá tédio
em tentar inovar
se vai acabar desse jeito
é melhor ficar quieto
virar incrédulo do amor
as vezes as coisas
se viram melhor
pra quem destrói
dá certo pra quem quer muitas
é o cotidiano da vida de
quem não tá nem aí pra culpa.
Sempre há um bem a espera, pobre otário
esperar por quem só lhe quer por uma primavera.
O certinho bonzinho nem lembram,
esse adoeceu de tanto sentimento puro e
agora esse tal sentimento azedou
virou doce impuro,
se recupera sozinho,
tenta todo dia
viver mais uma hora,
ainda fica sentado
no escuro frio quarto e chora
mas cada gota é uma força
força que vai moldando seu novo muro
e assim desapegando cada vez mais
daquelas horas fatais, daquele mundo
que sonhou em ser o mais belo
que sonhou ser eterno.

2 comentários:

Elis disse...

é realmente frustrante pensar em mudar as coisas se em algum momento vamos voltar ao tédio.

pelo menos não poderão dizer que nunca tentamos.

:*

Marcela Melo disse...

vc colocou mto bem suas palavras
disse a verdade em forma de poesia...

estou seguindo seu blog
e venho desejar
parabens por suas belas palavras!!!