quarta-feira, 29 de julho de 2009

Percebendo O Sonho

Meu sonho é o real do que sinto,
por vezes sou feliz enquanto durmo
todo o meu desejo
se expande naquele mundo.
Mas muitas vezes me percebo
em tal grande alegria
que até prefiro acordar
pra não frustar
o resto do meu dia
pra depois não ter que dizer:
foi apenas um sonho
dentro da minha tarde vazia!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Refazendo

Mais uma vez
chega dá tédio
em tentar inovar
se vai acabar desse jeito
é melhor ficar quieto
virar incrédulo do amor
as vezes as coisas
se viram melhor
pra quem destrói
dá certo pra quem quer muitas
é o cotidiano da vida de
quem não tá nem aí pra culpa.
Sempre há um bem a espera, pobre otário
esperar por quem só lhe quer por uma primavera.
O certinho bonzinho nem lembram,
esse adoeceu de tanto sentimento puro e
agora esse tal sentimento azedou
virou doce impuro,
se recupera sozinho,
tenta todo dia
viver mais uma hora,
ainda fica sentado
no escuro frio quarto e chora
mas cada gota é uma força
força que vai moldando seu novo muro
e assim desapegando cada vez mais
daquelas horas fatais, daquele mundo
que sonhou em ser o mais belo
que sonhou ser eterno.

Futuro

Quem não sofreu ainda não pôde desfrutar
da felicidade real, falta um pouco do viver
quem sabe um dia descobrirá
que a dor é de chorar, morrer.
E a alegria que vem depois
é bem mais doce é
algo que nunca se iguala,
felicidade nunca provada.

Querer Mais

Desejo o impossível porque todos os possíveis
não me levaram a nada.
Desejo o que a minha alma clama
e se chama pelo que ultrapassa do real
é porque nenhum sonho me é banal.
Desejo a vida por inteiro,
correndo atráz de tudo o que não for capaz.
Os obstáculos?!
É o que mais dá prazer em vencer
a cada um que passa me torno maior ser,
e isso também satifaz.

A Fraca Mais Forte.

Parei por parar

parei pra não chorar

parei sem querer

parei por querer

tudo me consumiu

fiquei com exaustão

andando encontro

migalhas de uma força

já sou conhecida dessa força

apesar que passamos um tempo

ausente mas volta e meia nos reencontramos

e eu como sempre a clamo: força seja minha força, por favor

ajude a essa reles moça.

Tem tempo que ela some, e eu fico preocupada tentando

contatá-la querendo enxergar

onde ela se esconde, mas também outros tempos ela chega

a ser meu codinome, não precisou de telefonema,email,carta,

eu a reencontrei quando

tornei-me fraca.

domingo, 19 de julho de 2009

Questão?!

Eu tenho um dúvida
dúvida que queima em mim,
na minha mente: continuo ou paro por aqui?!
ja parei tantas vezes,
abidquei,
fiquei no pior lado
e em um certo dia
respiro fundo e falo: continuo até o último minuto!
ja me julguei incapaz,
desejei paz,
e cansada do meu martírio
segurei o choro e falei: paro, não quero isso de novo!.
Mas o melhor é os feriados na mente
quando ela nada pensa sobre,
tanto faz,
não se indaga,
vive as horas e centésimos
como se não houvesse nada. Mas acaba,
a questão volta e
a semana da minha mente é:
dias de sim,
dias de não,
dias qualquer.

;;