sábado, 30 de maio de 2009

Essa longitude dupla está acabando comigo
eu não tenho mais o seu: pq?!
Não aparece mais as suas longas respostas,
nós já não temos as conversas de outrora.
Só nos vemos nos olhos entre fotografias
estamos de mudança e
você vai bem mais a frente
ja carregou toda a alegria
deixou eu ficar com a poesia
e a grande e triste saudade que não tinha.
Hoje me sinto pequena, em mim tudo me cabe
o pranto tá apertado e ele é a maior parte
às vezes não controlo e ele foge por cachoeiras
lacrimais e o que controlo sai por dentre
as digitais,
solitários sonetos, de alguém
que revive a cada dia
apesar do seu íntimo
estar um cinzento intenso.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Inverno: Sob os olhos I

Ahh essas chuvas!!

Aos olhos do amante
são gotas de pétalas,
para ele ainda se enxerga
primavera.
Aos olhos do sofredor
são gotas de saraiva
caindo e lembrando
do que passou.
Aos olhos do que
nada sente
não se apercebe nada,
é só gotas de chuva
que cai sobre em
quem não há guarda.
Aos olhos dos que falta
telhado é algo que
se espera
mas sempre amendrotado.
Aos olhos dos que são classe A,
a moda é de esbaldar
ir pra casa com lareira
é o melhor lugar.

Ahh esse inverno!!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Diálogo Entre Elas

Disse que voltou
tinha ido a padaria
falou-se 10 minutos
mas ultrapassou
falei que jantou
escovou os dentes
e nem me chamou
disse que foi
a fila de pessoas funda
como ratos em cima comida suja
isso desgasta a paciência
falou também do infernal calor
que só faltou o autor,
quer uma foto pra si
mas a auto-crítica
implica na mira
falou até de glúteo
quis comparar
ver o conjunto
tirou o incerto
acertou no protesto
mudou de assunto
falei que meu afeto por ela
é maior do que a altura dela
do que se vê
do que se crê
que se libera
acabamos a rir
começando
feliz.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Introspecção

Queria sentir meu
eu em alguém, que
alguém me fizesse sentir como
faço as pessoas sentirem,
queria saber como é se apaixonar
por mim...Algo delicado??!
Algo inflamável??!
como é sentir minha falta??!
faço tanta falta assim??!
ou é algo sem perceber??!
ver em alguém como sou para
os outros, como é que faço bem a elas...

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Profusão De Pensamentos

Verdadeiro dia era toda alegria naquela volta,
quanto mais o tempo sara, o tormento pára.
Sem querer ir ver o dia deixou um pé
nas nuves outro de escolta, mas se desatinou
ao ver quem tava atrás do olho mágico
era o seu simples passado
carregando algo que não se definia pela retina,
olhou ao lado e meio distante
lembrou do que trágico e que antes
ele era o antes.
Não abriu a porta, reparou que foi embora,
viu que não era preso apenas
tentava manter um certo direito
sobre o seu esquerdo que andara em desconcerto.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Pouco Medo

Noites de chuva intensa
desgasta minha coragem
em cada gota que cai
acorda o meu medo
fico vulnerável
não é mais segredo
me chamam de besta
por ficar assim mas
não ligo para o que dizem
ligo para o que sinto dentro de mim.
Existem muitos medos e o meu
é de relâmpago
tem gente que tem medo de avião no qual
eu não tenho, o negócio é saber
respeitar o sentir de cada medo
sem esculhambar e sim apenas ajudar
porque se me encorajares deixando o
meu medo pequeno eu também
poderei dar a minha mão quando
estivermos nos ares deixando
fugir o seu medo do pensamento.
Que o medo tenha medo de nós mesmos.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Estou aqui esperando amanhecer,
engraçado, eu passo o dia dormindo!
pra quê tô esperando ele me ver?!?
É que é mais uma noite de insana
insonia pra dormir de dia, assim
não me coloco a contar
os minutos que perdi
sem folia.

;;