sábado, 30 de agosto de 2008


Deixa assim como estar deixa ver qual é a do mar...
Ei...
Vá...
E me diz da noite em que fui feliz... sem saber o que era amar
Deixa virar como estar deixa ser aquela onda do mar...
Ei...
Não vá...
Me fala do dia em que não me perdi em que nos vimos mais próximos e distantes em nós
Vive em mim e morre em ti...
Eu...
Fui só...
vc me olhar como recordar aquele antigo brilho de mais imaginar...
então
Deixa pensar...
Deixa fincar...
e é só voltar e sentir nosso mar...
e é só voltar e sentir nosso mar...
A gente viver...
E nos refazer...

0 comentários: